Soldados da Rotam (Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas) e Força Tática da Polícia Militar prenderam três homens e apreenderam um adolescente pelos crimes de formação de quadrilha, receptação e porte ilegal de arma de fogo. Consta no Boletim de Ocorrências que o fato ocorreu na madruga desta quinta-feira (21), no bairro Jardim Novo Horizonte, em Cuiabá.

Os militares também apreenderam duas submetralhadoras calibre 380 com 30 munições, uma pistola calibre 45 com três munições, três pés de cabra, duas alavancas de metal, 67 emulsões explosivas, um saco com granulado explosivo, um rolo de cordel detonante e 16 espoletas. A quadrilha estava organizando arrombamentos a caixas eletrônicos na capital e a prisão ocorreu depois de denúncias anônimas.

Armas de fogo e explosivos apreendidos (foto: Assessoria da Polícia Militar)

Ainda segundo o documento policial, uma equipe da Rotam realizava uma ronda. Em determinado momento, os militares avistaram um Onix branco, semelhante ao relatado nas investigações sobre a quadrilha. Os ocupantes, um adulto e um adolescente, foram abordados e, durante a revista, os policiais descobriram que o carro era roubado. Depois disso, o adulto confessou informou onde ficara a casa do “proprietário” do carro.

Os militares foram até a casa, no bairro Ouro Fino, onde encontraram os pés de cabra e as alavancas. Em uma parede de alvenaria com fundo falso, também encontraram as duas armas de fogo e duas bombas. Diante dos fatos, uma equipe do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) foi até o local e realizou a retirada do material de forma adequada.

Armas de fogo encontradas em fundo falso de parede (foto: Assessoria da Polícia Militar)

O suspeito que estava na casa disse que era o responsável de guardar o material e apontou um quarto suspeito, que tinha mais explosivos. Os militares foram até o novo endereço apontado por ele, no bairro Jardim Vitória, em uma área de invasão, onde prenderam mais um homem. Na casa dele, os policiais encontraram mais explosivos e o restante do material apreendido.

O crime deve ser investigado pela Polícia Civil de Cuiabá.


 a sua ajuda vale muito neste momento 

Nós trabalhamos todos os dias para que você se mantenha sempre muito bem informado. São dezenas de reportagens diárias e uma equipe de jornalistas focada em trazer as informações corretas, em tempo real. Nosso trabalho é pautado pela fiscalização do poder público, para garantir o seus direitos. Porque você merece saber a verdade sempre. E, se você acredita na importância do nosso trabalho, pode nos ajudar realizando pequenas doações para nossa equipe.

Você também pode nos ajudar a melhorar dizendo o que achou desta matéria. Sua opinião é muito importante.