Agentes da Polícia Federal, do Grupo Especial de Segurança de Fronteira (Gefron), da Polícia Militar do Amazonas (PM-AM) e da Força Área Brasileira (FAB) prenderam um piloto foragido da justiça com dois mandados de prisão em aberto por tráfico internacional de drogas. O fato ocorreu no município de Apuí, no Amazonas, durante a Operação Hórus/VIGIA, realizada pelos órgãos de segurança.

Ao ser questionado, o homem apresentou um RG falso, mas acabou sendo reconhecido por um policial do Gefron em uma foto na qual ele carregava pacotes de drogas em um avião. Já com seu documento de identidade real, os mandados de prisão foram descobertos. Um outro homem foi preso juntamente como o piloto.

Os agentes também apreenderam uma aeronave modelo Beechcraft Baron, prefixo PT-LRM, uma caminhonete Toyota Hilux branca, uma pistola 9MM com munições, 14 tambores de combustível de aviação, diversos equipamentos de comunicação e navegação e R$ 12,7 mil.

No dia dia 18 de maio de 2020, outras duas pessoas foram presas na cidade de Coari (AM). Na ocasião, a FAB interceptou uma aeronave de modelo Piper Seneca, fazendo com que o piloto realizasse um pouso forçado no aeroporto da cidade de Porto Urucu. O piloto e copiloto foram presos em flagrante, sendo que um deles tinha mandado de prisão em aberto pelo crime de homicídio. No local, os agentes também apreenderam 418 kg de pasta base de cocaína.

O objetivo da Operação Hórus/VIGIA era combater o tráfico internacional de drogas com a utilização de aeronaves e outros crimes.

Avião e caminhonete foram apreendidos durante a operação no Amazonas (foto: Gefron)

 a sua ajuda vale muito neste momento 

Nós trabalhamos todos os dias para que você se mantenha sempre muito bem informado. São dezenas de reportagens diárias e uma equipe de jornalistas focada em trazer as informações corretas, em tempo real. Nosso trabalho é pautado pela fiscalização do poder público, para garantir o seus direitos. Porque você merece saber a verdade sempre. E, se você acredita na importância do nosso trabalho, pode nos ajudar realizando pequenas doações para nossa equipe.

Você também pode nos ajudar a melhorar dizendo o que achou desta matéria. Sua opinião é muito importante.