Segundo dados divulgados no relatório técnico da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) na noite da última segunda-feira (23), a cidade de Sinop possuiu 14 casos suspeitos de coronavírus (Covid-19) sendo investigados. Inicialmente, eram 15 casos, mas um deles já foi descartado pelo Laboratório Central do Estado de Mato Grosso (Lacen-MT). Até o momento, nenhum caso foi confirmado

Logo depois da divulgação dos dados, a prefeita de Sinop, Rosana Martinelli, realizou uma transmissão ao vivo no facebook para comentar o fato. A gestora estava acompanhada do secretário Municipal de Planejamento, Finanças e Orçamento, Astério Gomes e do secretário Municipal de Saúde, Kristian Barros. Segundo Barros:

Já tivemos uma boa notícia da negativação de um dos casos. Agora, aguardamos os resultados dos exames encaminhados Lacen. Em situação normal, isso ocorreria em cerca de dez dias, mas com o aumento da demanda e ainda com o prazo da contraprova, quando necessária, que é feito em São Paulo, esse prazo se estende.

O secretário também ressaltou a importância de manter a população informando sobre cada novidade relacionada ao coronavírus:

Felizmente, não temos casos confirmados, mas estamos muito atentos e trabalhando para registrar tudo que for possível para manter a população informada e com informações corretas, verdadeiras, sempre!.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) também divulgou a relação dos casos confirmados e suspeitos em Mato Grosso até o final do dia de segunda-feira (23). Foram seis casos foram confirmados e 210 suspeitos contabilizados. Os positivos estão em Cuiabá (05) e Várzea Grande (01).

Foto: Assessoria da Prefeitura

Plano de ação em Sinop

Como forma de tentar combater o surto do coronavírus, a Prefeitura de Sinop decretou a criação de um Gabinete de Situação de Enfrentamento ao Coronavírus, formado por secretarias municipais diversas e voltado à implementação de planos de trabalho e medidas de enfrentamento.

Durante a coletiva de segunda-feira (23), a prefeita voltou a frisar a importância de a população agir com consciência e responsabilidade, aderindo às medidas instituídas, principalmente, a de isolamento social:

Tivemos de adotar medidas drásticas, mas necessárias, com o objetivo comum e único de proteger vidas. Não estamos escondendo nada da população, por isso estamos aqui. E fazemos um apelo a cada cidadão sinopense, em nome de todos os servidores das áreas essenciais, que estão trabalhando e se dedicando para garantir a segurança e saúde de todos nós, por favor, fiquem em casa.

Os próximos dez dias, conforme previsão do Ministério da Saúde, serão de alto pico de contágio em todo o Brasil, por isso é extremamente importante respeitar o pedido de isolamento social, saindo de casa somente em caso de extrema urgência.

Sabemos que essas medidas impactam a vida de todos, mas se não mantermos distância social, se não evitarmos aglomerações, não poderemos evitar que o contágio também se alastre em Sinop. Vamos lutar para que nossa cidade fique protegida do vírus, não queremos a população afetada de maneira nenhuma. Esse é um momento importante para colaborarmos com a vida de todos.

Compõem o Gabinete de Situação de Enfrentamento ao Coronavírus a prefeita de Sinop, Rosana Martinelli; o secretário  Municipal de Saúde, Kristian Barros; o secretário Municipal de Planejamento, Finanças e  Orçamento, Astério Gomes; a secretária Municipal de Educação, Esporte e Cultura, Veridiana Paganotti; o secretário Municipal de Trânsito e Transportes Urbanos, Hermann Friederich; a secretária Municipal de Administração, Marilene Savi; e o Procurador Geral Municipal, Ivan Schneider.